DIA MUNDIAL SEM CARRO …

logo_do_dia_mundial_sem_carro2

Por um momento a população mundial se dá conta de que da forma com que usa dos recursos tecnológicos, está por determinar um prejuízo irreversível ao meio ambiente. Então os cabeças dos movimentos pela proteção do planeta terra, resolvem criar o DIA MUNDIAL SEM CARRO.

Eu particularmente, não vejo qualquer problema. Eu sou um “Sem Carro”. Chamar aquela minha carroça de carro é o mesmo que chamar um Velotrol de motocicleta.

Mas entendendo que a campanha pretendia também atingir bólidos e similares, resolvi colaborar. Ótimo. Ruas fechadas no centro e o prefeito indo trabalhar de ônibus.

Só esqueceram de solicitar o apoio de São Pedro.

No dia mundial sem carro, fico sem carro e sem condições de entrar em casa. Molhado com Escadaria de Igreja em Dia Santo, fico lá tentando junto os tostões da paciência que ainda e resta.

Entro e tomo um banho, olhando para as roupas molhadas sobre a banheira. Saio renovado do banheiro, visto-me e me disponho a pegar um ônibus para ir trabalhar no meu bar a noite.

Ao chegar na porta de casa, colocando os pés para fora, o céu despenca e novo dilúvio. Um palavrão me escapa junto com o pedido de desculpas para o vizinho de bons ouvidos.

Irritado, volto até o quarto e pego a chave do bólido. Que se lasque o tal dia, pois a noite começou e eu não posso mais tomar outra chuva. Para quem tem que cantar no bar,  e ainda dirigir um ensaio da peça, não posso me dar ao luxo de tomar outro banho da piscina pública sobre minha cabeça.

Pego o carro e sigo meu trajeto. Descubro engarrafamentos por todos os lados. Então percebi que eu era um dos únicos que havia deixado o carro em casa.

Dia mundial sem carro?

Ao menos esperem um dia que não chova para me convidar para essa furada.

A MÃO DE DEUS? A MÃO DE MARADONA? A MÃO BOBA!

Pois é. Pior que o gol de mão, agora é correr o risco de ver o gordo pelado. Quer ver? Já tem foto em

https://samuelrangel.wordpress.com/2010/06/30/musa-paraguaia-maradona-pelado-e-outras-coisinhas/

Inusitado o lance no último jogo do Paraná. Não o Paraná enquanto estado celeiro do Brasil, de bandeira em cores verde, branca e azul, mas o Paraná time de futebol da Capital Paranaense, tricolor no estandarte e na camisa.

Gol de Mão 0,,21981668-EX,00

Ao chegar em casa e descobrir o resultado do jogo, meu pai, do alto de sua oitava década, manifestava alguma surpresa no olhar, e um certo sorriso maroto, bastante incomum para um homem de tamanha honestidade.

maradona1986Ouvi o relato do gol, e pensei em algum lance como o de Maradona, só que na escala da segunda divisão do campeonato brasileiro, e não numa Copa do Mundo. Cheguei a pensar em outros malandrões do futebol, mas e não tinha noção.

Quando vi o lance, lamentei que a televisão digital ainda não permita buscar os olhos do juiz e dos bandeiras no momento do Gol. Fico entao sujeito a minha imaginção, que advirto, não é coisa muita séria. E logo penso na bandeira de pernas roliças e de belo rabo de cavalo (calma companheiro). Ela deveria estar pensando em algum ator global, ou que iria perder a novela das seis, que aliás, anda criano tropeços mil na vida da Santinha e do Filho do Caramulhão.

ronaldoO juiz deveria estar pensando em outra coisa, apesar de que nos dias de hoje, eu até assisto novelinhas e tem muito marmanjo pensando em ator global.

Mas o outro bandeirinha. Por acaso havia aproveitado a bola no outro lado do gramado para comprar uma pipoca?

Não se pode saber. A única coisa que realmente resta, que apesar de estar na segunda divisão, o Paraná é alvo de notícia do mundo inteiro. Como foi Maradona, e até mesmo o juiz que tirou o pingolim para fora em mijou no meio do gramado. Não da forma discreta com que fez Ronaldo, sentado no campo e afastando estratégicamente o calção azul.

Juiz MijãoMas nesses tempos em que homens pensam e homens, e isso longe de qualquer fé religiosa, Ronaldo não é mais discreto e Maradona não é “deus”.

Quanto ao Paraná? Fazer xixi em campo tudo bem, mas cagada não.

Quanto a mão de Deus? É de se esperar as palmadas.

dedo-de-deus

Ps.: Depois de algum tempo, as cores são vermelho, azul e branco, mas a mão …. Quem sabe eu deveria ter escrito esse texto em Francês também.

DE POUCAS PALAVRAS

DICK VIGARISTA OU PENÉLOPE CHARMOSA

Eu que torcia tanto pelos pilotos brasileiros na Fórmula 1. Isso desde os tempos de Emerson. Cheguei a vibrar até com a Copersucar. Isso nos tempos em que Corrida Maluca era só um desenho. Agora a Fórmula 1 tem seu próprio “Dick Vigarista”. Pensando em quem mereceria o apelido pouco elogioso, pensei em Nelsinho. Mas o vigarista do desenho sempre buscava trapacear para ganhar a corrida, coisa que Nelsinho não fez. Pensei que o pseudônimo estaria mais adequado ao próprio Alonso. E por qual motivo não poderia ser o Briatore? Briatore agora está mais preocupado em revelar o lado Penélope Charmosa do Piquet Junior. “Dick Vigarista ou Penélope Charmosa”?

COISAS DO LEGISLATIVO

Fiquem tranquilos os brasileiros comuns, daqueles que acumulam dezenas de processos criminais inclusive contra si, pois o Legislativo garantiu ser direito de concorrer nas próximas eleições. Quantos aos brasileiros trabalhadores? Que continuem trabalhando ora, pois alguém tem que sustentar o Legislativo e suas imundices, opa imunidades.

O RADICALISMO DOS IMORAIS

Enquanto isso, fumar em lugar aberto não pode. É o Legislativo preocupado com a saúde pública, pois morto não vota. Melhor manter esse povo votando do jeito que está. Mas já que fumar é “crime” agora, por qual razão fabricar o cigarro não é? Existe alguma doação das grandes companhias do tabaco para alguma campanha? Ou seria só o governo interessado no imposto que elas pagam? Quem fuma agora tem que se esconder. Tem que fazer escondido. Assim como faziam os políticos corruptos no tempo em que questões morais eram levadas a sério.

MPB UNIVERSITÁRIA

E assim se fez a música. Sertanejo Universitário, Pagode Universitário … e por aí vai o mercado musical em Terra de Vera Cruz. Já que é assim, vou lançar um novo movimento. MPB UNIVERSITÁRIA. Quem sabe isso torne a vender discos e tocar nas rádios uma música que agrade não só o mercado musical, mas também os ouvidos em geral.

A PM NA BERLINDA

Agora a PM não pode mais conduzir ao hospital o meliante baleado. Se o safado está morrendo, chama o SIATE. Se o bandido morrer antes do SIATE chegar, o PM vai responder no máximo pela Omissão de Socorro. É uma daquelas típicas determinações que se você não cumprir, vai se ferrar mesmo. Mas se cumprir, vai se ferrar do mesmo jeito.

PALMADAS. OS PAIS DEVEM?

E no mundo das pesquisas, ficou revelado que os pais não devem repreender os filhos com palmadas. O inressante é que essa pesquisa é fruto de estudos realizados nas faculdades de um país que costuma ver jovens psicopatas armados fuzilando alunos e professores. De qualquer forma errei. Confesso que por algumas vezes, usei da palma como argumento com meu filho. E agora? Resta-me torcer para que isso não gere um problema. Espero que ele não desenvolva nenhum porblema e acabe virando político ou piloto de Fórmula 1.

FRASES QUE DEVEM SER DITAS ENTRE QUATRO PAREDES

“Se eu fosse tudo isso que você quer eu estaria na Globo e não dividindo a cama com você”.

“Se eu quizesse que você soubesse o que eu estava pensado, eu estava falando e não pensando”.

“Ok. Se você quer sempre sinceridade, pense bem nas perguntas”.

“O interessante entre nós é que quando o motivo da discussão é de somenos importância, os detalhes absolutamente irrelevantes passam a ter maior valor.”

“Entenda que eu não traí você. Apenas fui ouvir uma segunda opinião”

“Não é que eu seja contra o casamento. Apenas acho que se isso é uma espécie de pena que tenho que pagar por gostar de sexo, eu quero cumprir minha pena em regime aberto”.

“OK. Eu não vou mais deixar a toalha molhada em cima da cama. Sempre que sair do banho vou pendurar a toalha no box, mas isso a partir do dia em que suas calcinhas não estiverem ocupando aquele espaço.”

FILOSOFIA CURTA E GROSSA

Samuel rrrr jkwh“Se

Se você acha que todo o resto é complicado, faça ao menos o possível para tornar o prazer uma coisa simples.” (Samuel Rangel)

Silêncio?

silencioO silêncio?

Quem sabe seja algo como as bolhas de um bom espumante, ou as partes escuras do granito. 

 Silêncio?

 É a parte fundamental entre uma nota e outra. Um sopro leve e tênue do nada que permeia a vida. .

Silêncio? Pssssssssssss. .

Apenas silêncio, tão eloquente quanto as palavras tolas da razão que gritei.

Silêncio? Esse sopro que me permite pensar entre uma sílada e outra.